Vida Sem Palco

Vida Sem Palco

0 notas

Eu hoje tive um pesadelo, mas não chorei, nem reclamei abrigo
No escuro eu via o infinito sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo, era uma coisa sua que ficou em mim, que não tem fim
De repente a gente vê que perdeu ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua, que vai ficando no caminho…

Eu hoje tive um pesadelo, mas não chorei, nem reclamei abrigo
No escuro eu via o infinito sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo, era uma coisa sua que ficou em mim, que não tem fim
De repente a gente vê que perdeu ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua, que vai ficando no caminho…

0 notas

Invejo as pessoas tranquilas. As que conseguem dormir depois de uma discussão.  As que não tem insônia nunca.  As que conseguem controlar seus pensamentos de forma constante.
 São privilegiados por não sofrerem as penas da mente, quando a voz do pensamento se torna mais alta que qualquer som a sua volta. 
Você sabe que dormir será uma grande bênção quando as vozes abrem seus olhos e ouvidos e não dão descanso ao cérebro.

Invejo as pessoas tranquilas. As que conseguem dormir depois de uma discussão. As que não tem insônia nunca. As que conseguem controlar seus pensamentos de forma constante.
São privilegiados por não sofrerem as penas da mente, quando a voz do pensamento se torna mais alta que qualquer som a sua volta.
Você sabe que dormir será uma grande bênção quando as vozes abrem seus olhos e ouvidos e não dão descanso ao cérebro.

0 notas

Eu cresci numa família católica conservadora, fiz catequese, comunhão, e vivi acreditando que a minha igreja era a única capaz de me levar até Deus. 
Depois de conhecer as igrejas protestantes, ouvi que a igreja católica é cética, que adoram imagens e não seguem a Palavra como devem seguir. Ouvi que candomblé é coisa do diabo e que ser homossexual é uma abominação. 
Conheci o espiritismo, tomei passes, fiz “socorro espiritual”, fui pro johrei, pesquisei tudo que foi religião tentando encontrar um sentido na vida e no mundo, cheguei a ser ateísta por um tempo.
Talvez por questionar tanto, cheguei à conclusão de que precisamos ter fé em algo maior do que em nós mesmos para acreditar na vida. Não achamos que temos poder.
É claro que não controlamos tudo, mas somos uma rede. Estamos nesse plano,  e acreditar que uma fé é melhor do que outra é um erro.
Todos buscamos a mesma resposta, todos tentamos entender de onde viemos e pra onde iremos, esquecemos do poder que temos agora.
Cheguei a conclusão de que religião é coisa inventada pelo homem para fragmentar e segmentar a fé. Às vezes pra comercializá-la.
Eu só lamento que essas mesmas religiões distorçam o milagre da vida e justifiquem atos de discriminação e preconceito, onde uns se achem superiores a outros por acreditarem ter um lugar reservado no céu. 
Acordem. O livro que vocês baseiam sua fé é apenas um de muuuuitos, e estes foram feitos pelos homens.
Deus pode ser muitas coisas, mas de uma eu tenho certeza: todos temos divindade em nós. Seja o crente ou o ateu.
Estamos vivos agora.  Precisamos criar o céu aqui.

Eu cresci numa família católica conservadora, fiz catequese, comunhão, e vivi acreditando que a minha igreja era a única capaz de me levar até Deus.
Depois de conhecer as igrejas protestantes, ouvi que a igreja católica é cética, que adoram imagens e não seguem a Palavra como devem seguir. Ouvi que candomblé é coisa do diabo e que ser homossexual é uma abominação.
Conheci o espiritismo, tomei passes, fiz “socorro espiritual”, fui pro johrei, pesquisei tudo que foi religião tentando encontrar um sentido na vida e no mundo, cheguei a ser ateísta por um tempo.
Talvez por questionar tanto, cheguei à conclusão de que precisamos ter fé em algo maior do que em nós mesmos para acreditar na vida. Não achamos que temos poder.
É claro que não controlamos tudo, mas somos uma rede. Estamos nesse plano, e acreditar que uma fé é melhor do que outra é um erro.
Todos buscamos a mesma resposta, todos tentamos entender de onde viemos e pra onde iremos, esquecemos do poder que temos agora.
Cheguei a conclusão de que religião é coisa inventada pelo homem para fragmentar e segmentar a fé. Às vezes pra comercializá-la.
Eu só lamento que essas mesmas religiões distorçam o milagre da vida e justifiquem atos de discriminação e preconceito, onde uns se achem superiores a outros por acreditarem ter um lugar reservado no céu.
Acordem. O livro que vocês baseiam sua fé é apenas um de muuuuitos, e estes foram feitos pelos homens.
Deus pode ser muitas coisas, mas de uma eu tenho certeza: todos temos divindade em nós. Seja o crente ou o ateu.
Estamos vivos agora. Precisamos criar o céu aqui.

4.742 notas

Tira-se a roupa pra transar, mas é depois que se fica nu de verdade. Aí sim o desejo mais ingênuo salta aos olhos. Ficamos lúcidos, indefesos, satisfeitos. Não se faz necessário tarimbar o sentimento. Não querer levantar da cama é dizer eu te amo. Depois do tesão animal, do untar da pélvis, do desparafusar do molejo, ouvir ‘me abraça forte e fica quietinho’ é uma declaração.
Gabito Nunes. (via desvaneceram)

(Fonte: klippen, via i-need-felix-felicis)